Como termina o ano de 2015 para as empresas?

images

O Ano de 2015 termina com uma grande crise econômica nacional e Política, e para piorar o cenário, a crise política percorreu todo ano e sem previsão para conclusão com o início do processo de impeachment, ou seja, estamos vivendo uma estagnação econômica e de liderança, um cenário completamente incerto para as empresas brasileiras, principalmente para as Microempresa e Empresa de Pequeno Porte.

Recomendo para as empresas nesse período conturbado as seguintes ações:

1) Planejamento: É importante para superar uma crise, ter uma projeção para os próximos meses e buscar as melhores estratégias para sobreviver esse período complicado e potencializar sua empresa.

2) Fluxo de Caixa: Em um ano de crise econômica é fundamental organizar as finanças da empresa e ter uma gestão da entrada e saída de recursos. Estar cada vez mais atento ao controle dos gastos e definir quais custos podem ser reduzido ou até eliminados.

Se você não utiliza software para controlar as finanças de sua empresa, tenho uma ótima sugestão: consulte a empresa i9bit em:
( www.i9bit.com.br ).

3) Clientes: Invista em relacionamento. Manter um cliente custa menos que conquistar novos; ter seu próprio site; investir em conteúdos diferenciados nas redes sociais e em comunicação é um grande diferencial.

4) Marketing: Divulgue seus melhores produtos e serviços e faça seu potencial consumidor ter conhecimentos deles, invista na imagem da sua empresa, buscando se referencia em sua região.

O baixo custo da internet e a visibilidade tem sido o melhor caminho para divulgação das empresas.

Para resumir esse breve texto, já ouvir de vários especialistas que o fundamental em uma empresa são as pessoas, processos e ferramentas. Na minha carreira, tendo formação em contabilidade e economia, o maior desafio que enfrentei foi sair da posição de analista para empreendedor. Eu tive que me adaptar ao maior desafio que enfrento todos os dias, fazer a gestão de pessoas. O idealismo e sonho que acredito é que para crescer é fundamental está cercado de pessoas competentes que pudesse me substituir. Ao longo do tempo convivo com as decisões que geram êxitos e perdas.